No aniversário da cidade, vereadores homenageiam emancipadores e 13 personalidades com medalha

Por Assessoria de Imprensa – CME
Na sessão solene pelos 59º anos de emancipação político-administrativa de Embu das Artes, realizada no dia 18 de fevereiro, os vereadores homenagearam 13 personalidades que contribuem para a construção da história do município e são exemplos em suas atividades diárias. A sessão contou com a presença do prefeito municipal, Ney Santos, e seu vice, Dr. Peter, além de outras autoridades regionais. O político, ex-prefeito da cidade, Roberto Terassi, representou o primeiro prefeito do município, Annis Neme Bassith, que por indisponibilidade física não pôde estar presente. Familiares dos emancipadores: Carlos Koch, Isaltino Victor, Hideo Degaki e Manoel Batista Medina marcaram presença na sessão.

Vereadores homenageiam emancipadores e 13 personalidades com medalha 18 de Fevereiro (Wilson Barbosa – TRIBUNA 116)

Escolhidos pelos vereadores presentes à sessão, 13 moradores do município foram presenteados com a recém-criada “medalha 18 de fevereiro”, em alusão ao aniversário da cidade e que integrará o dispositivo oficial do município. Usando da tribuna, os vereadores se revezaram para homenagear seus escolhidos, indicando suas ações como preponderante para o crescimento da cidade.

Vereadores homenageiam emancipadores e 13 personalidades com medalha 18 de Fevereiro (Wilson Barbosa – TRIBUNA 116)

Um dos escolhidos para receber a medalha 18 de fevereiro, o embuense Denivaldo Jesus (o carteiro Denivaldo) se viu envolvido com uma acusação falsa de crime, que o levou a ficar preso por dois meses. Em homenagem a sua atuação no município e destacando sua bravura em passar pelo episódio de cárcere, o vereador Gerson Olegário concedeu a medalha, relembrando sua atuação para que Denivaldo fosse solto. “O homem pode acabar com uma, duas ou três flores, mas nunca com a primavera. Você é uma pessoa de Deus e está livre junto de sua família. Nada mais certo dar honra para quem tem honra”, disse o vereador Gerson Olegário em homenagem a Denivaldo.

homenagem aos emancipadores e 13 personalidades com medalha 18 de Fevereiro (Wilson Barbosa – TRIBUNA 116)

Quem também se emocionou foi o homenageado José Pereira dos Santos (Zezinho do Castilho), ex-vereador e pai do vereador Bobilel. “Agradeço muito meu pai, a minha mãe, irmãos, meus filhos, minha esposa, mas eu escolhi meu pai por um motivo muito especial: eu nunca fui fã de política, mas vi na minha casa um homem político, que tinha vontade de mudar a nossa cidade e gostava de ajudar o próximo. E hoje eu estou aqui, com muito orgulho representado o senhor”, disse em respeito ao papel desempenhado por seu pai quando também foi vereador pelo município.
Como surpresa, o presidente da Casa, vereador Hugo Prado, também foi um dos escolhidos para receber a medalha “18 de fevereiro”, tendo como autor o vereador Júlio Campanha. Júlio destacou as ações do governo com indicação e participação do presidente. “Estou homenageando ele, não só pelo simples fato de te chamarem de menino prodígio, que com certeza é, mas uma pessoa que em tão pouco tempo foi vereador, prefeito, e presidente da Câmara e agora pré-candidato a deputado estadual, isso tudo é fato de muita capacidade”, disse o vereador Júlio se direcionando a seu homenageado.
Em sua fala, o presidente da Câmara Municipal de Embu das Artes, Hugo Prado, destacou a presença dos familiares dos emancipadores e dos homenageados pela medalha “18 de fevereiro”. “Hoje tivemos uma sessão diferente, uma sessão onde homenageamos os nossos emancipadores, que iniciaram a nossa história, mas também estamos homenageando pessoas que continuam a fazer parte dessa brilhante história de construção de Embu das Artes”, disse. Ele também ressaltou o empenho do atual governo para superar as dificuldades financeiras do município no último ano. “Sabemos dos sofrimentos que temos passado ao longo dos últimos anos. Recebemos uma cidade com uma dívida superior a R$ 250 milhões, e a nós coube a responsabilidade de conduzir a nossa cidade em meio a todas dificuldades”, disse Hugo aos presentes. Ao final de sua fala, Hugo

Homenageado com a Medalha 18 de Fevereiro (Wilson Barbosa – TR116)

destacou a presença de seus familiares e concedeu a Medalha Belchior de Pontes a seu pai, Sr. José Morais Santos.
“Eu jamais irei deixar de honrar o nosso nome. Eu jamais irei deixar de lado todos os ensinamentos desse açougueiro, meu pai, e dessa guerreira, minha mãe, Cida Prado, da minha irmã e da minha esposa, Carol Prado. Muito obrigado. Vocês são a minha base, a fonte da minha existência e é por vocês que irei todos os dias trabalhar incansavelmente pelo desenvolvimento da nossa cidade”, disse. Em homenagem ao trabalho junto a Saúde do município, Hugo também concedeu a medalha “18 de fevereiro” ao vice-prefeito da cidade, Dr. Peter.
Ao prefeito municipal foi concedida uma placa em alusão ao aniversário da cidade. Antes de sua fala em tribuna, foi exibido um vídeo do vice-governador do estado, Marcio França, endereçado a cidade em comemoração pelos 59 anos de emancipação do município.
Na tribuna, o prefeito Ney Santos destacou sua passagem pela Câmara, exaltando sua importância na construção do município. “São 59 anos de muitas lutas e conquistas. Agradeço a Deus pela oportunidade de estar aqui nessa Casa de Leis, onde eu tive a oportunidade de estar durante 4 anos como vereador, dois anos como presidente, e esses quatro anos em que fiquei aqui foi uma grande escola. Deu pra entender que essa Casa de Leis é a casa mais importante da nossa cidade”, destacou Ney.
Em meio a sua fala, Ney apresentou um vídeo com destaque para os avanços do governo na implementação de políticas públicas na cidade. “Temos trabalhado muito forte em todos os setores e secretarias. A missão que todo secretário tem é no mesmo propósito, mesmo projeto, transformar a vida da população de Embu das Artes, fazendo dessa cidade uma cidade diferente daquela cidade que nós encontramos”, enfatizou o prefeito.

Veja a lista de homenageados com a Medalha 18 de fevereiro:

Hugo Prado- Dr. Peter Calderoni
Carlinhos- Sr. Paulo Eusébio da Luz
Danilo Alves- Léo Novais
Bobilel- Sr. José Pereira dos Santos
Gerson Olegario- Denivaldo Jesus de Matos
Índio- Ana Maria Melo Cesário (Tia Ana)
Gilson Oliveira- Pastor Alex de Mello Cardoso
Joãozinho- Sérgio Luiz Girardi (Giliardi)
Jefferson- Sr. José Roberto Jorge
Júlio Campanha – Hugo Prado
Ricardo- Joselita Ferreira de Souza
Rosangela- Sr. Manoel Vicente dos Santos
Doda- Cantora Marília Mello

Medalha Padre Belchior e ramos de flores:

REPRESENTANTE DOS EMANCIPADORES
Receberam um ramo de flores:
Sra. Edna Koch
Em referência a família Koch
Sra. Teresa Degaki
Família Hideo Degaki
Maria Valeriana
Família Isaltino Victor de Moraes

Receberam a comenda Padre Belchior de Pontes:
Sr. José Roberto Medida
Família Medina
Sr. Abner Neves Rodrigues
Família Afonso Carpi

Também receberam a medalha Padre Belchior:
Roberto Terassi
Em representatividade ao primeiro prefeito do município, Annis Neme Bassith.
José Morais Santos
Pai do presidente da Câmara, em homenagem

Compartilhe esta notícia!