Prefeitura realiza a campanha de erradicação do trabalho infantil em janeiro

Por Ricardo Lima – P.M.T.S.

A Prefeitura de Taboão da Serra através da Secretaria de Assistência Social e Cidadania realizanesta quinta-feira, 18, e nos dias 19 e 25 de janeiro a campanha “Não ao trabalho em infantil, quem incentiva ou apoia também é responsável”. A ação, será realizada no período da manhã das 8h às 12h30, e a tarde das 17h às 20h, na praça Nicola Vivelechio, no centro.

Programa de Erradicação do Trabalho Infantil vem acontecendo pelas ruas de Taboão (Foto – Tiago Queiroz)

Segundo a secretaria da pasta, Arlete Silva, a campanha pretende mobilizar e sensibilizar a população aos prejuízos causados na compra de produtos oferecidos pelas crianças e adolescentes nos semáforos, feira-livres e em outros pontos da cidade. “Esta prática é uma violação aos direitos dessas crianças e adolescentes. Unidos somos mais fortes para dizer Não ao Trabalho Infantil”, disse.

O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) em Taboão da Serra promove ações para acabar está prática na cidade, através de serviços sociais, programas de transferência de renda, além de oferecer as crianças e famílias, a possibilidade de romper o ciclo da pobreza, sem que os estudos sejam sacrificados.

Além da distribuição de material interativo, os agentes da Prefeitura irão orientar e tirar dúvidas acerca do assunto. O objetivo é conscientizar a população que transita no local sobre os malefícios do trabalho infantil, principalmente, em relação à exploração da imagem de crianças e adolescentes para conseguir doações.

As crianças que trabalham nas ruas estão expostas a diversos riscos, como atropelamentos, abuso sexual, desidratação, hipotermia, ferimentos e uso de drogas. O trabalho infantil é crime quem apoia ou incentiva a prática, seja dando esmolas ou pagando pelos serviços, também é responsável.

Como denunciar

Disque 100

Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI): 4138-8040

Conselho Tutelar de Taboão da Serra: 4787-3451

Serviço de Abordagem Social (SEAS): 4139-1105/ 4138-7155

Compartilhe esta notícia!