Arteris Régis Bittencourt tem nova tarifa de pedágio a partir do dia 29

Tarifa básica de R$ 3,10, autorizada pela ANTT, será aplicada nas 6 praças de pedágio da rodovia

 

A partir do dia 29 de dezembro, a tarifa básica de pedágio da Arteris Régis Bittencourt, que administra a BR 116 SP/PR, passou a R$ 3,10. O novo valor é válido para as seis praças de pedágio da rodovia. O reajuste autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) foi 3,33%.

De acordo com o contrato de concessão assinado em 14 de fevereiro de 2008, está previsto um reajuste anual da tarifa, sempre na data de aniversário do início da cobrança de pedágio na Régis, em 29 de dezembro. O reajuste contempla a inflação do período e a revisão extraordinária para compensação da não cobrança dos eixos suspensos, conforme determinado pela chamada Lei dos Caminhoneiros.

 

Desde o início da concessão, em 2008, a Arteris Régis Bittencourt investiu R$ 2,7 bilhões em melhorias na BR-116 SP/PR, como obras de recuperação da rodovia e serviços de atendimento aos usuários 24 horas. Neste mês de dezembro/17, a concessionária entregou as novas pistas na Serra do Cafezal, entre os municípios de Juquitiba e Miracatu, completando assim, a duplicação dos 30,5 quilômetros previstos – a obra mais importante do contrato de concessão.

 

A concessionária realiza também outros investimentos, como a manutenção constante do pavimento, sinalização vertical e horizontal, a construção de 21 dispositivos em desnível – acesso e retorno, além da implantação de 56 novas passarelas.

 

Confira na tabela abaixo os novos valores a serem praticados no trecho da Autopista Régis Bittencourt:

 

 Categoria Tipo de veículo Eixos Rodagem Multiplicador da
tarifa
Tarifa reajustada (R$)
1 Automóvel, caminhonete e furgão 2 Simples 1 R$ 3,10
2 Caminhão leve, ônibus, caminhão-trator e furgão 2 Dupla 2 R$ 6,20
3 Automóvel e caminhonete com semi-reboque 3 Simples 1,5 R$ 4,65
4 Caminhão, caminhão-trator, caminhão trator com semi-reboque e ônibus 3 Dupla 3 R$ 9,30
5 Automóvel com reboque e caminhoneta com reboque 4 Simples 2 R$ 6,20
6 Caminhão com reboque, caminhão-trator com semi-reboque 4 Dupla 4 R$ 12,40
7 Caminhão com reboque, caminhão-trator com semi-reboque 5 Dupla 5 R$ 15,50
8 Caminhão com reboque, caminhão-trator com semi-reboque 6 Dupla 6 R$ 18,60
9 Motocicletas, motonetas e bicicletas a motorizadas 2 Simples 0,5 R$ 1,55

 

Abaixo, as localizações das praças de pedágio da Régis Bittencourt:

 

Km 299 – São Lourenço da Serra (SP)

Km 370 – Miracatu (SP)

Km 427 – Juquiá (SP)

Km 485 – Cajati (SP)

Km 542 – Barra do Turvo (SP)

Km 57 – Campina Grande do Sul (PR)

 

 

Sobre a Autopista Régis Bittencourt – Concessionária responsável, desde 2008, pelos 402 quilômetros da Rodovia Régis Bittencourt (BR-116/SP/PR) que liga as cidades de São Paulo (SP) e Curitiba (PR). A Autopista Régis Bittencourt, com sede social localizada na cidade de Registro (SP), local para onde deverão ser encaminhadas todas as comunicações legais, se constitui em pessoa jurídica distinta de Arteris S.A. (sua controladora societária).

 

Sobre a Arteris –A Arteris S.A. é uma das maiores companhias do setor de concessões de rodovias do Brasil em quilômetros administrados, com mais de 3.70 km em operação. Por meio de suas dez concessionárias, a Arteris administra rodovias localizadas nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná, importante eixo econômico e industrial do País. A companhia é responsável pela operação de cinco concessionárias federais: Autopista Fernão Dias, Autopista Régis Bittencourt, Autopista Litoral Sul, Autopista Planalto Sul e Autopista Fluminense. Também detém as concessionárias estaduais Autovias, Centrovias, Intervias, Vianorte e ViaPaulista, que atuam no interior de São Paulo. A Arteris é controlada pela espanhola Abertis e pela canadense Brookfield e mantém programas permanentes de conscientização. Em 2016, recebeu o Prêmio DENATRAN de Educação no Trânsito, com o Projeto Escola Arteris, programa com foco na humanização do trânsito por meio da cidadania, ética e convívio social. Saiba mais: www.arteris.com.br

Compartilhe esta notícia!