Alunos da E.E. Jardim da Luz conhecem a política de perto

Por Wilson Barbosa

Buscando alternativas diferentes no campo docente, os professores Samuel Souza Vieira (sociologia) e Haroldo Rodrigues (história) saíram da sala de aula e trouxeram os alunos do 3º Ano do Ensino Médio, da E.E. Jardim da Luz, para conhecerem a sessão da Câmara Municipal de Embu das Artes no dia 20 de setembro.

Alunos da E.E. Jardim da Luz participam pela primeira vez da sessão na Câmara de Embu das Artes (Wilson Barbosa – TRIBUNA 116)

A visita faz parte do Projeto “O que é o Movimento Social”, desenvolvido na escola, com o objetivo de levantar no município os problemas sociais e como cobrar suas soluções. “Uma das maneiras de se cobrar a solução para os problemas é através da casa legislativa, por isso trouxemos eles para conhecer os trabalhos dos vereadores, pois é aqui que muitas coisas são decididas”, disse o Prof. Samuel.

Segundo o professor Haroldo, a consciência política é fundamental para o município e faz parte da transformação dos jovens e da sociedade. “A política é a melhoria, é o ideal, é a construção do sonho, é a utopia, é a forma de transformar a vida das pessoas. Os jovens têm seus ideais que são produtivos, tem uma função social essencial na sociedade e serão responsáveis pelos caminhos a serem seguidos”, destacou Haroldo.

 “Vereadores ainda estão ausentes nos bairros”

Os quinze alunos que compareceram gostaram da sessão e destacaram que falta mais incentivo por parte da escola, para que os jovens possam participar mais da vida política, pois os poucos que sabem assistem através da TV.  O aluno Douglas Rodrigues Cardoso (18), juntamente com os demais colegas, aprovou a iniciativa dos professores em aproximar o jovem da política e disse que pretende voltar em outras sessões.

O item segurança (da qual a Escola já foi alvo de arrastão) foi um dos pontos levantados pelos estudantes presentes na sessão. Outro ponto foi que, segundo os alunos, os vereadores estão ausentes na periferia e que seria melhor que eles se fizessem mais presentes.

Durante a sessão, os vereadores deram uma pausa para recepcionar os alunos e professores na sala de reuniões da Câmara.

Compartilhe esta notícia!